Desfile de Aniversário de Barretos ganha aplausos de milhares de pessoas

Marcando as comemorações do aniversário de Barretos e o Dia do Soldado, a Prefeitura de Barretos realizou na manhã de domingo, 25 de agosto/19, o Desfile Cívico – Militar, Folclórico e Alegórico, que teve como tema geral Barretos – da Fundação à Tradição com mais de 40 blocos, eu e passaram pelo centro da cidade, saindo do Recinto Paulo de Lima Corrêa, finalizando na Rua 18.

Participaram secretarias municipais, instituições sociais, culturais, folclóricas, esportivas, educacionais, carnavalescas, saúde e bandas marciais. Como ilustrações foram apresentadas mais de 10 alegorias. Dentro do desfile foi realizado um Cortejo Cultural de grupos da região, realizado por meio do Programa de Ação Cultural (PROAC), da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, e com apoio da Secretaria de Cultura de Barretos. O projeto é idealizado e produzido pela empresa de gestão de projetos culturais PrumoPro.

O Cortejo teve apresentações da Companhia Charolas, de São Sebastião (MG); Grupo Frutos da Terra, de Olímpia (SP); Grupo Danças Zé do Patrocínio, Congada Três Colinas, Franca (SP), Grupo Capoeira e Grupo Maracatu, de Guaíra (SP), todas com paradas em frente a Tribuna de Honra, onde o prefeito Guilherme Ávila recepcionou autoridades barretenses e regionais.

Abrindo o desfile, o locutor de rodeios Filé veio num trio elétrico contagiando o público ao longo do trajeto. Em seguida o Corpo de Bombeiros abriu o desfile militar, seguido do Tiro de Guerra, que teve também a leitura da Ordem do Dia na concentração, alusiva ao Dia do Soldado.

Na sequência começam as apresentações civis. Também no final, o trio elétrico trouxe o também locutor barretense Paulinho 1001, que levantou a plateia com seu estilo particular de grande animador. A cada atração o público vibrava e aplaudia. Na passagem de fanfarras e bandas marciais a alegria foi geral.

Destaque para a Banda Marcial Municipal de Barretos que fez sua estreia no desfile barretense. Apresentaram ainda, a de Promissão, Bicentenária Paineiras de Itapeva e São Luiz , de Jaboticabal, cujas balizas “tiraram” pessoas da plateia para dançar, inclusive o prefeito Guilherme Ávila, que foi convidado a descer da Tribuna e o fez, ganhando aplausos do público.

O prefeito Guilherme Ávila ressaltou a importância da tradição e da valorização da cultura regional. “Desde criança eu acompanhava esse desfile com o deslumbramento que hoje tenho a felicidade de ver estampado no rosto do público presente. Esse é, sem dúvida, um dos maiores orgulhos de minha gestão, o resgate do nosso desfile, seu crescimento até chegar ao espetáculo de cultura e tradição que ele se tornou hoje. É o momento de celebrar Barretos pelo seu aniversário e ter orgulho de nossas raízes culturais”, disse o prefeito.

O secretário municipal de Cultura, João Batista Chicalé, coordenador geral do Desfile, destacou que o evento atendeu a todas as expectativas, desde a organização, pontualidade, a beleza de todos os carros alegórico, blocos e apresentações.

“A participação do Cortejo Cultural, realizado por meio do Programa de Ação Cultural – Proac da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, organizado pela empresa Prumo Pró, com patrocínio do Grupo Tereos e co- patrocínio do Savegnago, contribuiu para enriquecer ainda mais o Desfile. Agradeço ao apoio de toda a equipe da Secretaria Municipal de Cultura, às demais secretarias, à imprensa e a todos os participantes e grupos envolvidos, que contribuíram para que mais esse sonho fosse possível, e, em especial à família barretense que prestigiou e nos deu o incentivo necessário ao trabalho”, ressaltou. O desfile teve tradução para LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais), feita para um grupo que estava na Tribuna de Honra.