Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo presenteia Barretos com pesquisa sobre o impacto econômico da Festa do Peão

A Secretaria de Estado de Turismo anunciou em coletiva na tarde desta quinta-feira, 29 de agosto/19, em sua sede, em São Paulo (capital), os resultados de uma pesquisa sobre o impacto econômico que a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos traz para a cidade e região.
A pesquisa é um presente do Governo do Estado de São Paulo, a pedido do prefeito Guilherme Ávila para servir como instrumento para nortear as próximas políticas públicas em relação ao turismo. Dados apresentados pela pesquisa apontam que cerca de 900 milhões de reais foram movimentados diretamente na economia de Barretos pelo turismo da Festa do Peão.
O secretário de Estado de Turismo, Vinicius Lummertz, que entregou a pesquisa, agradeceu a presença do prefeito, Guilherme Ávila, na Secretaria de Turismo em São Paulo, disse que não conhecia a Cidade e que teve uma agradável surpresa quando esteve na Cidade.
“A Festa do Peão é um espetáculo da Terra”, ressaltou Lummertz, que falou sobre a importância da união entre o público e o privado para a realização de eventos que agregam valor ao turismo e à economia do Estado. “O Turismo não tem mais o significado que tinha no passado. Ele tem uma nova lógica e peso econômico que deve fazer com que o turismo venha para o centro da agenda política e econômica do Estado de São Paulo”, ressaltou
Em seguida, o Secretário chamou o chefe de gabinete, Guilherme Miranda, para mostrar os dados da pesquisa realizada pela P2A – Gestão de Informação, que incluiu 1.126 pessoas e foi conduzida pela equipe da Secretaria de Turismo. Segundo o estudo, o valor de consumo médio por visitante em hospedagem foi de R$ 1.055, seguido por transporte até a cidade (R$ 395), compras (R$ 299), alimentação (R$ 273), lazer (R$ 180), e transporte dentro da cidade (R$ 142). O que totalizou um gasto médio de R$ 2.345 por pessoa em cinco dias.
Com um público de mais de 800 mil pessoas, a maior parte dos turistas vieram de cidades do Estado de São Paulo (27,3%), seguido por Minas Gerais (13,6%), Paraná (2,5%), Rio de Janeiro (2%), Santa Catarina (2%) e Rio Grande do Sul (1,1%). Dos presentes no evento, mais da metade já havia participado de mais de cinco edições (50,2%) e 23,9% estavam visitando a Festa do Peão pela primeira vez.
De acordo com o prefeito Guilherme Ávila, que esteve acompanhado dos secretários municipais, Adriano Santos (Turismo) e Luciana Gomes (Relações Institucionais e Comunicação) e o diretor de Os Independentes, Marcos Abud Wohnrath, a pesquisa foi um grande presente para o Município, pois comprovou a importância da Festa do Peão como geração de renda principalmente para o barretense. “Fica provado o quanto as pessoas que vem de fora gastam na nossa Cidade, e isso reflete nos empregos gerados nos hotéis, restaurantes, postos de gasolina, além das pessoas contratadas como segurança, serviços gerais, cozinheiros, entre outros”, observou.